Arquivo para março 2008

INVARIÁVEIS

14 de março de 2008

sextafeira.gif

Não posso afirmar que essa semana ocorreu tranquilamente. 

Diria que foi atípica, uma atipicidade não muito rotineira. Mudança, desordem, pressão no serviço, seminário para apresentar, crianças para se preocupar, lição de casa, uniforme, alimentação, atenção, carinho, subterfúgios, além dos olhares curiosos da nova vizinhança.

Ufa! Será que esqueci de citar alguma coisa? Ah, claro, o cansaço… Fiquei impossibilitada de receber visitas, de preparar um jantarzinho básico e até mesmo de ir no cinema, descontrair.

O celular desperta as 05:00 da manhã. Não me animei ainda com a idéia de comprar um despertador, prefiro a companhia do celular se dando ao trabalho de me despertar. Levanto e preparo-me para a rotina das manhãs; banho “coisa boa“, volto para o quarto… Essa é a hora mais crítica, roupas… putz!!Invariávelmente aquela que escolhi na noite de domingo, não é a que vou vestir nas manhãs da segunda. Freud explica… Talvez.

Acordo o mocinho, ele se troca, toma seu café e espera o transporte escolar. Enquanto ele saboreia o café matinal passo os olhos em seus cadernos, algumas vezes caprichado, outras vezes desleixado, vejo se tem recado na agenda e organizo o material conforme as diciplinas do dia. O transporte chega, pára e buzina. Pego a mochila, a lancheira, abro o portãozinho de casa e “despacho” ele e o restante das coisas para a “tia da perua”. Hora de acordar a filhota, que me olha preguiçosa, resmunga e tenta virar para outro o lado.

Já estou fervendo, acordadíssima, pronta, perfumada e não lhe dou a chance de continuar naquele soninho bom… ” Por que a escola nos fazem acordar tão cedo na fase da vida que é tão bom dormir pelas manhãs?” Finalmente depois dela invariavelmente tomar o “te-te”, procurar onde deixou o tênis… Meu Deus, onde estará o tênis?… saimos passando por cima de toda a bagunça que encontramos no caminho do quarto, sala, cozinha, etc, etc.

Não sei com, mas após perder a paciência com a porcaria do portão que, invariavelmente enrosca para abrir e fechar, com o vizinho que, invariavelmente já está no portão para fofocar, dificultando ainda mais minha saída, com a tia da escolinha que, invariavelmente demora para abrir o maldito portão … chego em cima da hora na empresa. Chego, entro na minha sala e???? Adivinha qual é o assunto? “big brother”… Que bosta… Ninguém merece!!!!! As vezes não acredito nas coisas que escuto!!! Esse assunto sobre o BBB8 perdeu o sentido!!! O pior não é quando escuto o pessoal comentando o pior é quando vejo na internet a disputa para ver quem escreve a coisa mais chata e sem noção… Onde isso vai parar? 

Invariavelmente percebo que essa não foi uma boa semana!

Vê Barros

Anúncios